Archive for the Noticias e Curiosidades Category

Concurso Cultural “Você quer postar Notícias e Curiosidades no B10M Designers?”

Posted in Noticias e Curiosidades on 16/05/2012 by mouraoo500rsd

Olá pessoal, a partir de hoje, começa o Concurso Cultural da B10M Designers, como funciona:

O Participante deve responder as seguintes perguntas:

1 – O Neobus Mega BRT foi adiquirido pelas empresas de Curitiba? Se sim, em que chassis foram?

2 – Você acha o Serviço Ligeirão do Rio um plágio do Ligeirinho de Curitiba?

3 – Qual sistema é mais eficiente para você, BRT (Curitiba-PR) ou BRS (São Paulo-SP)?

O participante também deverá mandar um texto falando sobre o que ele acha de Curitiba e um desenho, pintado pelo mesmo, de um onibus da Cidade, o ganhador conhecerá os integrantes da equipe e será o postador do blog.

Mandem as respostas e o texto pelo bloco de notas e mandem todos os arquivos anexados para o meu e-mail: moura.18wos@hotmail.com

Anúncios

Parabéns!!!

Posted in Noticias e Curiosidades on 15/05/2012 by mouraoo500rsd

Hoje é o dia que o nosso querido modelador Julio César está ficando mais velho hehe, é cara, 23 já hein, depois 25 – 1 né kkkkkkkkk, brincadeiras a parte, vamos desejar tudo de bom pra esse cara, que modela bem demais, é muito gente boa e não rouba mod de ninguém né kkkk, e que Deus dê muitos dias como este para ele!
Pessoal, não deixem passar em branco, comentem algo ae!

Empresa de Ônibus Guarulhos S/A pode deixar o Sistema

Posted in Noticias e Curiosidades on 18/03/2012 by mouraoo500rsd

Olá pessoal, estou aqui depois de muito tempo sem postar, nossa equipe anda muito sem tempo, mas estou aqui para tentar “dar um jeito no barraco”, fiquei  sabendo de uma notícia em Guarulhos meio bombástica.

A Empresa de Onibus Guarulhos poderá sair da cidade em alguns dias ou meses, não é nada oficial ainda, mas o dono da empresa informou que com a entrada  do Sistema Bilhete Único, a empresa só perdeu dinheiro, o que é verdade, pois a empresa pegou as linhas mais desnecessárias da cidade, provavelmente a  Empresa de Onibus Vila Galvão e a Viação Campo dos Ouros dividirão as linhas da E.O. Guarulhos, lembrando que não é oficial.
A E.O. Guarulhos opera na cidade desde a década de 1960, mas em meados de 2009 perdeu quase todas as linhas de alta demanda.

Em breve mais notícias.
Gabriel Moura B10M Designers.

Comil apresenta grande crescimento em Design e Qualidade.

Posted in Noticias e Curiosidades on 05/11/2011 by Thiago

A encarroçadora Comil vem obtendo bons resultados neste ano. A empresa vendeu de janeiro a agosto 1.140 unidades, acima de 791 negociadas no mesmo período de 2010. O crescimento levou a empresa a atingir Market Share no período de 17,4% no segmento.
Desta forma, a companhia consolida sua posição entre as principais fabricantes da categoria no Brasil e prevê encerrar o ano com venda de aproximadamente 2000 unidades rodoviárias, 56% superior a 2010, expectativa que ganhou força com o sucesso da Comil na Transpúblico, em São Paulo, motivado especialmente pela boa aceitação da nova linha Campione.

Comil Campione 3.45 Scania K310


“A edição deste ano foi muito positiva, pois fizemos contato com novos clientes potenciais de diversas regiões do país e recebemos clientes do mercado internacional. Todos gostaram muito dos lançamentos, gerando perspectivas de bons negócios que devem se reverter em vendas até dezembro”, destaca Dario Ferreira, diretor comercial da Comil.

A família Campione de rodoviários conquistou o mercado pelo design inteligente, conforto e segurança. O projeto atual conta com uma série de melhorias e novidades. “Pensamos em todos os públicos, no empresário, no chefe de garagem, no gerente de operação / manutenção, no motorista e no usuário final”, afirma Ferreira.

 

FONTE:Frota e CIA

Educação e Transporte

Posted in Noticias e Curiosidades on 19/10/2011 by Thiago

Bom dia pessoal hoje vamos com mais uma do grande Adamo Bazani.

“Neste 15 de outubro, desde 1947, o Brasil celebra o Dia do Professor.
Profissional que pode ser considerado um artista, que ajuda a moldar não só as habilidades de um futuro profissional, mas de um ser humano e de um cidadão.
Infelizmente, a categoria não tem muito a comemorar.
Além dos baixos salários (um jogador de futebol de várzea é mais reconhecido que um profissional que forma o futuro da nação), as condições de trabalho do professor não são as melhores.
Em escolas públicas, falta material básico: giz, livros, uma sala adequada, cadernos, etc
Nas privadas, falta humildade dos alunos: muitos criados numa cultura que os pais acabam dando o exemplo, acham que por terem condição financeira privilegiada podem tudo e são donos de tudo, até dos professores.
Nos dois casos, falta segurança, e não é raro professores serem agredidos (e até assassinados) ou por traficantes na periferia ou por radicais em ideologia, jovens que viram uma comunidade “engraçada” de intolerância no orkut e decidiram praticar o que acharam legal sem respeitar a vida de colegas, comunidade e professores.

A Constituição Federal classifica o Transporte Escolar tão importante para educação quanto o material didático e as atividades culturais. Uma questão de lógica, afinal não adianta haver uma bela escola se as pessoas não poderem ser transportadas até ela. O Brasil evoluiu quando o assunto é transporte escolar, principalmente depois do Programa Caminho da Escola que financiou mais de 8 mil ônibus aos municípios. Mas ainda há muito o que fazer. Não é fácil se enquadrar nas regras do Caminho da Escola, ainda mais para municípios com altos índices de endividamento. É comum ainda o fato de crianças, jovens e professores morrem em acidentes com veículos velhos ou mesmo sendo transportados como cargas em caminhões. Foto: Adamo Bazani

O Estado tem vários deveres (boa parte não cumprida) em relação a educação.
Construir uma escola é só uma, e talvez a mais fácil delas.
Ele precisa também oferecer acesso à educação. E isso também tem relação com a qualidade de vida dos professores.
Invocando a Constituição Federal, é possível ver que o artigo 197 obriga o Estado (em qualquer esfera) oferecer transporte escolar.
No artigo 198, o transporte escolar é colocado no mesmo nível de importância que até o material didático, na educação:
Art. 198. O Estado completará o ensino público com programas permanentes e gratuitos de material didático, transporte, alimentação, assistência à saúde e de atividades culturais e esportivas.

§ 1º.Os programas de que trata este artigo serão mantidos na escola, com recursos financeiros específicos que não os destinados à manutenção e ao desenvolvimento do ensino, e serão desenvolvidos com recursos humanos dos respectivos órgãos da administração pública estadual.
O transporte escolar influencia diretamente na qualidade de vida do professor.

Muitas vezes, em lugares de difícil acesso, o professor depende também do mesmo ônibus que leva os alunos.

Além disso, a qualidade dos transportes escolares influencia no ânimo, na disposição dos alunos e também no cumprimento do programa curricular.

Um transporte sem qualidade faz com que os alunos cheguem cansados na escola ou universidade e não rendam e aprendam como o professor deseja e precisa ensinar. Além disso, sem acesso adequado ao estabelecimento de ensino, os alunos chegam atrasados e as matérias, para cumprir o estabelecido, tem de ser ministradas de forma mais rápida, quase de qualquer jeito, apesar dos esforços dos professores, com menos tempo para explicações ou tirar as dúvidas.

Mas como é hábito neste País que necessita de educação, a lei não é cumprida.

O estado não oferece plenamente educação e nem acesso a ela.

Em muitas cidades, sem recursos, o transporte escolar é feito em kombis, caminhões ou ônibus muito velhos e mal conservados, normalmente dispensados dos serviços urbanos habituais.

Acidentes envolvendo o transporte escolar são comuns em todo o País justamente pela falta de condições dos veículos.

Não há de se negar que houve avanços em relação aos transportes escolares e um dos destaques é o Programa Caminho da Escola, do Governo Federal.

Criado em 2007, o Caminho da Escola tem justamente o objetivo de facilitar ao acesso às escolas, seja por meio terrestres ou mesmo hidroviários.

O Programa é um dos grandes incentivadores da indústria de chassi e carroceria pela demanda de ônibus encomendada. Desde 2007, forma cerca de 8 mil ônibus escolares para 3.069 municípios, de acordo com dados do FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação

Os veículos são feitos com equipamentos especiais de segurança e para o conforto de crianças, jovens e adolescentes, possuem cintos de segurança especiais, elevadores para cadeira de rodas, compartimentos para o material didático e, para o atendimento em áreas não urbanizadas, eles possuem uma configuração especial, com carroceria e suspensão reforçadas e elevadas, além de itens como quebra-mato e pneus especiais e mais resistentes.

No entanto, para receberem os veículos, os municípios devem entrar numa linha de crédito especial e as condições precárias financeiras, com baixa arrecadação e alto nível de endividamento, nem sempre possibilitam a compra dos ônibus. Por conta disso, o Caminho da Escola ainda não beneficia a totalidade dos deslocamentos para instituições de ensino.

Alguns municípios não têm condições de receber os ônibus ou embarcações e outros recebem em número insuficiente, muitas vezes precisam de vários ônibus e só podem arcar com um só.

Assim, além dos salários, condições de trabalho, cursos de qualificação, mais segurança e locais melhores para exercer o trabalho, oferecer um transporte escolar digno também é valorizar o professor.

POR QUE DIA 15 DE OUTUBRO?

Dia do Professor é oportunidade de homenagear estes profissionais que escrevem o futuro de um País e também discutir os problemas da educação e apresentar propostas.

Mas por que esta data é dia 15 de outubro?

A explicação vem da época do Império.

O Dia do Professor é celebrado desde 1947. O dia foi escolhido porque em 15 de outubro de 1827, Dom Pedro I criou um decreto que determinava como obrigação do poder público o Estabelecimento do Ensino Elementar no Brasil, pelo qual se regulamentou pontos como descentralização do ensino, o salário dos professores, as matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados.

O dia 15 de outubro coincide com a data que os católicos homenageiam Santa Tereza D´Ávila, que foi uma educadora.

O dia do professor nasceu numa escola de São Paulo, o Ginásio Caetano de Campos, na Rua Augusta.

A segunda etapa do ano letivo ia de 1º de julho a segunda quinzena de dezembro.

A rotina dos professores era puxada e eles tinham poucas folgas.

Então, quatro professores da Caetaninho, Salomão Becker, Alfredo Gomes, Antônio Pereira e Claudino Busko tiveram a ideia de reservar um dia para descanso e também discussão para a melhoria da profissão e do ensino.

Salomão propôs o 15 de outubro porque em sua cidade natal, as crianças e professores se reuniam nesta data, baseadas na criação do Ensino Elementar por Dom Pedro I, e confraternizavam.

A ideia ganhou força em todo o País, mas a data só se tornou oficial em 1963, quando virou feriado escolar depois de Decreto Federal 52.682.

A todos os professores vão as homenagens deste repórter, que sabe que sem eles, nem este espaço da internet poderia receber um texto e muito menos ser lido.

Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes e,m como todo adolescente, também já teve uma quedinha por algumas professoras.”

Até – Thiago Galvão.

Agosto foi dela!

Posted in Noticias e Curiosidades on 30/08/2011 by Thiago

Olá pessoal…hoje vamos com novidades da marcopolo e eu dando uma de repórter…

Esse mês de Agosto foi histórico para a encarroçadora de ônibus Marcopolo pois tivemos o lançamento dos mais modernos ônibus do Brasil intitulados G7 pela Marcopolo com a nova carroceria Marcopolo Paradiso 1600 Low Driver e a atualização da consagrada Marcopolo Paradiso 1800 Double Decker e como isso ja não fosse o suficiente essa semana a Marcopolo teve dois grandes lançamentos,o Marcopolo Viale BRT que promete muito para esse ano com todas as propostas de crescimento para o Brasil com futuros eventos e o mais novo instrumento de comunicação relacionado aos transportes,a Revista Viajante.

Todos ja tiveram noticias da Geração 7 e muitos acabaram se impressionando com a qualidade e digo mais quem não teve um momento “Mundo da lua” ao ver aqueles LD’s e DD’s novos ein?

Outra novidade marcante foi o Viale BRT veículo inovador em design e rico em tecnologia se a Neobus conseguil chegar próximo de uma nave espacial com seu Neobus Mega BRT a Marcopolo também não ficou atrás.

Frente do Viale BRT

Traseira do Viale BRT

Outra inovação foi na questão comunicação…agora a Marcopolo é notícia e tráz  notícia,essa semana como ja dito acima foi lançado a Revista Viajante idealizada pela Marcopolo para ser mais um meio de comunicação entre as pessoas que vivem de transportes.Com um Layout bem ao estilo marcopolo de ser sem esconder suas cores classicas da “Geração 5” e que me agradou muito,o unico problema é para quem tem uma rede de acesso à internet mais lenta pois como uma revista virtual é bem pesada mas nada que possa atrapalhar gravemente o entretenimento do leitor.

E como não poderia deixar de ser vou segui-la fielmente =)

Segue o link da Revista Viajante

Por hoje é isso – Thiago Galvão.

A vida de um motorista contada por um motorista!

Posted in Noticias e Curiosidades on 28/08/2011 by Thiago
Olá pessoal…hoje vamos com uma materia publicada no Blog do Onibus Brasil.

Nesse Hobby tão diferente quem nunca sonhou em ganhar a vida dirigindo um ônibus?

Pois o sonho existe em muitas pessoas,mas muitos como eu pela falta de valorização na profissão deixam de lado esse sonho pelas dificuldades que podem ser encontradas pelo caminho.

Mas como tudo tem seu lado bom e nessa profissão é a maioria nada melhor do que ouvir de quem ganha a vida com isso…e sim é uma profissão bem mais valorizada e prazerosa do que a gente imagina.

Faz um mês que estou trabalhando na Expresso Nordeste e nesse pouco tempo ja percebi uma coisa bem interessante todos os motoristas chegam na empresa de bom humor seguem em suas viagens e voltam com o mesmo sorriso no rosto,e muitos passageiros vêem os motoristas como herois do dia dia.

É claro que o estresse existe mas se souber como agir na hora certa não terá grandes problemas.

Segue abaixo a matéria publicada no “O.B.”

“Prestes a completar 25 anos na carreira de motorista, Amilton Bagnetti, atualmente motorista da empresa Brasil Sul Linhas Rodoviárias, de Londrina, conta para o Ônibus Brasil um pouco de sua vida e experiências ao volante.
A vida de quem trabalha no transporte de passageiros é repleta de obrigações e responsabilidades, o que Amilton prova ter de sobra. Tendo iniciado na Expresso Nordeste em 1989, esteve na empresa até 2004, quando se passava o processo de transferência, surgindo a Brasil Sul como operadora das linhas interestaduais que antes pertenciam à Expresso Nordeste.
Com muitas horas de experiência a bordo dos Mercedes-Benz da Brasil Sul, Amilton revela estar na expectativa de pilotar os novos ônibus da Geração 7.

Bate papo com Amilton Bagnetti, motorista da Brasil Sul Linhas Rodoviárias.

 

Amilton Roberto Bagnetti, 45 anos, Motorista.

Amilton, para nós do Ônibus Brasil é uma satisfação iniciar este bate papo com você, uma pessoa que está em contato no dia-a-dia com estas máquinas que tanto apreciamos. Sabemos que além de ter escolhido o ônibus como profissão, você também aprecia estes veículos e até mesmo tira suas fotos. Conte-nos um pouco como foram os seus primeiros contatos com os ônibus, quando você começou a gostar e a trabalhar profissionalmente como motorista.

Meus primeiros contatos com o ônibus foram na infância, por volta dos 7 anos, quando viajava de São Paulo para a cidade de Ubiratã, no Paraná, com minha mãe para visitar meu avô. Nós vínhamos de Viação Garcia até Maringá e lá pegávamos outro ônibus da Expresso Maringá. Cheguei a viajar no modelo articulado da Viação Garcia e nos modelos que hoje fazem parte do museu da empresa como aquele que transportou o Papa.
Foi nessa época que me apaixonei pelos ônibus e passaram a fazer parte de meus sonhos, inclusive nos meus cadernos e livros da escola desenhava os modelos que viajara.
Com 16 anos eu consegui um emprego de Office Boy na empresa Chimané, em Osasco – SP, onde fiquei até a época do exército. Depois desse período, fui trabalhar em uma transportadora, para adquirir experiência de motorista para depois trabalhar com ônibus, pois naquela época não se entrava direto no ônibus. Em 1987, com 22 anos, entrei na empresa de ônibus Flexa de Ouro, em Osasco, como Motorista.

Nielson Diplomata articulado da Viação Garcia ajudou a embalar os sonhos do garoto que se tornaria motorista.Em 1989, Amilton foi contratado como motorista pela filial de São Paulo da Expresso Nordeste.

 

Nesta sua carreira como motorista, por quais empresas você já passou?
A primeira empresa que me deu a chance foi a Flexa de Ouro em 1987.
No ano de 1989 entrei na Expresso Nordeste que abriu uma filial em São Paulo para trabalhar com fretamento para Telesp. Em 1991 essa filial da Nordeste separou da matriz e nasceu a Expresso Line Tour onde fiquei até 1996 quando saí para trabalhar em minha própria empresa de transporte escolar. Mas a paixão falou mais alto e em 2000 voltei para o ônibus e me mudei para Londrina-PR, para trabalhar novamente na Expresso Nordeste, onde fiquei até o ano de 2004, quando houve a separação da Nordeste e nós que éramos da filial de Londrina passamos para a Brasil Sul, onde trabalho atualmente.

 

Entre todos os ônibus que você já dirigiu, qual a configuração de carroceria/chassi daquele que mais lhe agradou? E qual foi a configuração que menos agradou? Por quê?
O que mais me agradou e me agrada até hoje é a carroceria Marcopolo, tanto com chassis Mercedes ou Scania.
O que menos agradou, embora muito bonito, é o Busscar Jum Buss 380 (modelo novo, ano 2004) com chassis Mercedes 0-400RSD, ele ficou bonito como disse, mas com problemas de estabilidade na pista além de ser desconfortável para trabalhar.

 

Você, como um motorista que passa horas dentro da cabine dirigindo ônibus modernos, teria alguma sugestão de algo que poderia ser melhorado no conforto do motorista em algum modelo que você já dirigiu?
Sempre que tenho observado alguma coisa nas carrocerias que trabalho envio e-mails para as fábricas tentando ajudar. Nos LDs geração 6, por exemplo, há um problema muito chato para nós motoristas. No calor a nossa cabine é muito quente e no frio ela é muito fria, e a calefação esquenta. Para nós que temos que descer algumas vezes durante a viagem pode dar problemas de saúde provocando choque térmico. Eu espero que este detalhe seja sanado na geração 7.

 

Nos últimos anos tem se popularizados os câmbios automatizados em ônibus, até mesmo como uma forma de reduzir o consumo de combustível. O que você acha deste tipo de câmbio para o motorista? Vale a pena por ser mais confortável ou não é legal por deixar o veículo menos ágil e a condução mais monótona?
Não trabalhei com esse tipo de câmbio ainda, mas conversei com colegas que me disseram não ter gostado muito no rodoviário, por tornar monótona a viagem. Hoje os veículos já necessitam de menos troca de marchas durante a viagem dependendo da estrada, e os modelos tem uma tecnologia de troca de marchas mais suaves e precisas dando mais conforto e segurança para motoristas e passageiros. Eu particularmente gosto de fazer as trocas porque é um prazer que sinto em controlar totalmente o veículo e mostrar sua habilidade, me lembro de nós há alguns anos atrás termos até instrução de como trocar marcha sem embreagem para não ficarmos na estrada por um eventual problema e isso já me aconteceu várias vezes. Acho que o câmbio automático é legal no urbano, pois eles podem ter um desgaste físico menor no dia que é muito agitado.

 

Suponhamos que você fosse abrir hoje uma empresa de fretamento ou turismo e fosse investir para comprar um ônibus novo. Levando em consideração a sua experiência com transportes, qual seria sua escolha de carroceria e chassis, sem se importar com o preço de compra? Por que haveria a preferência por este modelo?
Compraria Carroceria Marcopolo LD com chassis Mercedes 0-500 RSD, ele está se mostrando um ótimo chassi, é só olhar nas ruas, ele é muito bom, não dá problema e o conforto é excelente, já a carroceria LD é a sensação do momento pela beleza, boa impressão que causa nos passageiros e a qualidade da Marcopolo é ótima.

 

Na vida de motorista de ônibus rodoviário, o que mais lhe motiva?
O que mais me motiva é a paixão mesmo, o prazer de dirigir e admiração que causa nos passageiros. Na minha Trajetória eu já trabalhei com todos os tipos de ônibus e hoje estar trabalhando com o top que é o LD e logo com o Geração 7, isso me dá um grande prazer, pois eu evoluo e cresço junto com ônibus.

 

Fale sobre alguma viagem que você já fez e que tenha de alguma forma, ficado marcada na sua memória por algum acontecimento bom ou ruim.

Para completar a minha felicidade, conheci minha esposa no ônibus, pois eu fazia a linha de fretamento que levava os alunos para a Universidade em que ela estudava. Convidei-a para uma viagem para Aparecida do Norte em um fretamento da empresa, ela aceitou e essa viagem marcou minha vida, pois este ano completamos 20 anos de casados.

Amilton a bordo de um moderno LD da Brasil Sul

Qual ônibus antigo (fora de linha) você mais aprecia? Monobloco Mercedes-Benz 0-364

Quais os lugares mais agradáveis para onde já viajou? Se eu colocar todos vamos precisar de muito espaço, vou resumir. Interior do Paraná, interior de Minas, interior de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Bahia.

O melhor automóvel (de passeio mesmo) que já andou/dirigiu? O Chevrolet Agile.

Qual seu estilo musical favorito? Diga alguns cantores que você ouve freqüentemente. Gosto de todos os gêneros. Daniel, Paula Fernandes, Roupa Nova e musicas internacionais variadas.

Você gosta de ver filmes? Quais seus favoritos? Adoro ver filmes, a variedade é grande. Carros, Sem Floresta, Bolt, Lenda do tesouro 1 e 2, filmes de ação, comédia etc.

Quais seus programas de TV favoritos? Assisto Jornais, Fantástico, Sessão da tarde, Os caras de Pau.

Quais seus pratos favoritos? Arroz e Feijão, Saladas, Panquecas, Bife, legumes cozidos como brócolis, couve flor, frango.

O que gosta de fazer nas horas vagas?Gosto de ficar na internet vendo as novidades, alguma curiosidade e assistir TV, passear com minha família e participar de trabalhos voluntários

FONTE: Blog Ônibus Brasil.

Abraços – Thiago Galvão!